segunda-feira, 3 de agosto de 2009

O que eu também não entendo...

Sabe quando você deseja muito uma coisa, tanto que acaba idealizando-a inconscientemente, e transformando-a em algo que ela não é de verdade?

E aí depois de muito sacrifício e empenho você finalmente consegue esta coisa?

E então percebe que aquilo não é exatamente do jeito que você pensou, porque, afinal de contas, você idealizou algo que não existe?

A vida é muito sacana e vive dando essas rasteiras na gente. Ou talvez a culpa seja mesmo da mente humana, tão doentia...

Por que a gente quase nunca consegue sincronizar razão e emoção?

Por que a gente complica o que é simples o tempo todo, quando inteligente mesmo seria fazer o exercício inverso?

Que prazer sádico se esconde em nosso cérebro, que é capaz de nos levar a atitudes às vezes tão inteligentes, e em outras vezes tão estúpidas?

Aliás, de onde surge tanta estupidez assim, do nada? Uma estupidez capaz de fazer uma pessoa contradizer todos os seus princípios e agir como um ser irracional?

Como sair deste engodo? Como reencontrar o equilíbrio e começar de novo?

A única certeza que eu consigo ter no meio de tantas questões sem respostas é que ninguém nos conhece completamente. Muito menos nós mesmos.

Eu não me conheço. Não me reconheço. E me surpreendo o tempo todo... E quando eu acho que encontrei a resposta que precisava aparece uma nova questão que eu nem sabia que estava dentro de mim, e aí o complicado fica mais complicado, e a solução cada vez mais distante.

Talvez seja isso. Talvez o grande desafio da vida não seja compreender nada nem ninguém, senão a nós mesmos.

E como a autocompreensão é algo impossível, o segredo é aprender a administrar o caos. Ou sucumbir. Ou apenas deixar rolar, e ver no que vai dar. Até um terremoto mudar as rotativas.

É isso.

7 comentários:

Jacke Gense disse...

Pois é Flavia....

Agora pense como a vida seria chata se tudo fosse do jeitinho que a gente molda... sem surpresas... as vezes ela nos pega justamente para aprendermos mais e mais!

Não é a toa que dizem que a vida é uma escola... uma escola sem fim.. vc está sempre aprendendo!

bjs

Sissi disse...

A questão nem sempre é idealizar demais. Já pensou que você queria muito essa 'coisa', mas com o passar do tempo seus desejos mudaram e essa 'coisa' deixou de ser tão importante? Você só continuou buscando porque era um objetivo, mas não que fosse a mais importante do mundo mais. PODE SER QUE, TALVEZ, QUEM SABE seja isso. Aquela coisa que quando sabemos todas as respostas a vida vem e muda as perguntas é muito verdadeira.
Mas não sucumba, amiga, porque você é muito especial, muito gratificante. Te adoro.

Tina disse...

Pois é amiga... concordo plenamente com o que você escreveu, realmente deveríamos nos conhecer muito mais para assim aproveitarmos muito melhor a nossa vida e vermos quantas maravilhas tem ao nosso redor e que passam despercebidas.
bjo

Anônimo disse...

Pois é Dona Farta...
O negócio realmente não é fácil não.
Quando vc diz: "Sabe quando você deseja muito uma coisa, tanto que acaba idealizando-a inconscientemente, e transformando-a em algo que ela não é de verdade?"... é tão complexo que poderia ficar 1 mês inteiro refletindo sobre esta frase.
Quantas vezes me peguei idealizando coisas, momentos, pessoas, para tampar minhas frustrações passadas e espaços internos imcompletos? Milhões de vezes...
Mas estou como vc, buscando através da auto-reflexão alguma resposta pra esta loucura chamada: VIDA.
Grande abraço!

kely disse...

Nossa muito verdadeiro isso,hoje acordei com essa questão na cabeça...quem sou eu e não achei a resposta, pq é tão dificil entender nós mesmos né??Oq queremos de verdade?? E as vezes batemos o pé que queremos e quando conseguimos ainda não ficamos 100% realizada, me sinto assim.
Uma estranha no ninho rsrsrsrsrs

Anônimo disse...

Oi Flávia!
Dei uma passadinha aqui rapidinho..pra te falar um oi tá bom!
Depois volto p/ler seu post com mais calma tá certo!

Grande abraço..
Carmem

Anônimo disse...

Olá! Muito massa as suas idéias. Tomei conhecimento dele após a polêmica envolvendo o "humorista" Danilo Gentili, vi um comentário seu em outro blog. Produzimos um vídeo como forma de protesto, favor! Se gostar divulgue. http://www.youtube.com/watch?v=t2WMSv0j84M

abraço