terça-feira, 4 de novembro de 2008

Chegou a hora de mudar o Mundo

E o primeiro passo, esperamos todos, será a eleição de Barak Obama como presidente dos Estados Unidos da América.


Que venham os tempos de paz no mundo, tempos de respeito aos direitos fundamentais de todo ser humano, tempos de igualdade absoluta sem discriminação por raça, credo, classe social, opção sexual, ou qualquer outro tipo de discriminação, tempos de equilíbrio, tempos em que democracia seja um exercício real e não apenas demagogia na boca de minorias privilegiadas.

A mim, que estou aqui em terras tupiniquins, só resta torcer para que a (quase) sempre hipócrita população americana racionalize corretamente dessa vez e vote pela mudança. Como diz o slogan da campanha de Obama:

CHANGE. We can believe in.


E por que raios nós, brasileiros que somos, temos que nos envolver com a eleição do presidente dos EUA?

Hoje enquanto esperava minha vez na fila do banco escutei conversas desse tipo. Algumas pessoas indignadas com a cobertura maciça pela mídia das eleições americanas. As pessoas não entendem porque este assunto é tão importante, simplesmente não entendem.

Isto, inclusive, fala muito sobre o nosso próprio nível de comprometimento com o mundo enquanto cidadãos dele que somos, e é triste constatar que tanta gente não se liga que vivemos num mundo globalizado, que os EUA é (ainda, e não sabemos por quanto tempo) a grande potência, e que tudo que acontece por lá gera consequências - positivas e especialmente negativas - em todos os outros países, principalmente aqueles que estão em desenvolvimento, como o Brasil.

O mundo assistiu de camarote o efeito Bush. E acho que não existem mais argumentos a sustentar a ideologia republicana depois de tanta lambança. Chega de conservadorismo hipócrita. Chega de guerra.

CHEGAAAAAAAAA!

Quem me conhece bem sabe que eu amo política. Está no meu sangue, está na minha alma, eu simplesmente não consigo ficar alheia a essas questões mesmo quando chego a níveis absurdos de decepção como tem acontecido recentemente com a política nacional.

Essa minha paixão me deixa tentada a escrever parágrafos e mais parágrafos sobre aquilo em que eu acredito e pelo que eu lutaria. Parágrafos e mais parágrafos expondo o meu ponto de vista sobre porque o mundo não merece mais um velho herói de guerra republicano / conservador no poder dos EUA, muito menos acompanhado por uma fútil, inútil, ridícula, hipócrita e absolutamente alienada candidata a vice. Mas vou poupar meus leitores. Sei que nem todo mundo compartilha desta minha paixão, e tenho que concordar que discussões políticas podem ser extremamente chatas.

De qualquer forma, seria bom se as pessoas se conscientizassem que as coisas que acontecem no mundo nos dizem respeito SIM. O que o próximo presidente dos EUA fizer lá na Casa Branca, caro colega, pode alterar suas expectativas profissionais, financeiras, pessoais... só pra ficar nos exemplos óbvios. Pense nisso!

Eu estou esperançosa. Nada como uma grande mudança pra recuperar nossas esperanças quase perdidas, não é mesmo?

Quando vejo uma pessoa como Barak Obama - jovem, negro, ousado e com uma história de vida realmente incrível tão perto de chegar ao poder na maior potência mundial, eleito pelo voto direto do povo do seu país, ah... Nessa hora eu (quase) volto a acreditar que é SIM possível mudar o mundo!

Que seja essa a hora da mudança, então! Estou aqui, acreditando... torcendo... esperando.

3 comentários:

Fê, a noiva neurótica! disse...

Eu cheguei em casa afoita ontem, perguntando o vencedor.
Fiquei alegre, leve, como se eu estivesse lá, como se eu fosse de lá.
Brinquei que ele é o NOSSO novo presidente né... e pior que é se for pensar.... presidente no mundo inteiro, mesmo que um pouquinho um países maiores.... mas que é nosso, é nosso.
Tbm torço demais pra que as coisas mudem, para que os ventos nao sejam tormentas pro lado de la....
Eu nao sei pq, mas eu fiquei iiiimensamente feliz com a vitoria dele...
E viva Obama :)

Ah! SEMPRE tem um zé povinho que nao entende merda nenhuma e sai falando bosta por ai....

Maciel Queiroz disse...

E a mudança finalmente chegou! Depois de ter que aguentar 2 mandatos seguidos da Busha de canhão, o mundo clamava por mudanças e não queria que outro maníaco por guerras tomasse o poder e desse continuidade a todas essas atrocidades.
Barack Obama representa a esperança de um futuro melhor para os EUA e para o mundo. Tomara que ele consiga por em prática os ideais que o elegeram e fizeram o mundo voltar a sorrir! Xero Dona Farta!

Tina disse...

É isso aí Flávia!!!

Creio que o mundo todo está super feliz com a eleição americana, tomara Deus que agora possamos viver num mundo com mais Paz e respeito entre as pessoas!!!