terça-feira, 11 de novembro de 2008

Correndo na Noite




Fila Night Run, lá fomos nós. Novamente na USP, novamente num sábado à noite, novamente cheios de energia pra queimar nos asfalto.

Mas foi bem diferente da corrida da semana anterior. Muuuuuuuita gente - eram 6.500 inscritos, muita badalação, tendas e mais tendas de equipes montadas nos arredores da Praça da Reitoria, aquela energia incrível rolando, música, DJ, uma verdadeira balada esportiva.

Chegamos na USP 1 hora e meia antes da prova, e ainda pudemos ver o pôr-do-sol de um lindo final de tarde por ali. Tudo bem organizado, então apesar de muita gente não houve nenhum desconforto, todo mundo achou um cantinho pra alongar, formar rodinhas de amigos e bater papo, concentrar, aquecer, se preparar.

A largada foi animadíssima, com muita música e jogo de luzes agitando a galera, super emocionante! (Vou confessar uma coisa pra vocês: Eu fico arrepiada na hora da largada, sempre... dá friozinho na barriga, ansiedade, agitação, tudo ao mesmo tempo... uma loucura!).

Outro diferencial bem bacana desta corrida foi o público, uma novidade pra mim. Havia um público considerável assistindo à prova (provavelmente acompanhantes dos corredores), torcendo, estimulando, aplaudindo, vibrando... Muuuuuito legal isso, de verdade! Você tá lá, buscando seu limite, tentando correr o melhor que pode, e de repente escuta alguém que você nunca viu na vida aplaudir e gritar:

"_Vai lá, força! Parabéns! É isso aí, não desista!". Um super combustível pra seguir em frente, viu? Uma delícia!
Pra variar, foi show de bola! Mais uma corrida inesquecível.

Se perseverar é o único caminho para a conquista de um objetivo, bem... estou fazendo a minha parte!

Correr o percurso tooooodo eu ainda não corro, mas estou melhorando um pouquinho a cada corrida, e o último sábado foi a maior prova disso. Estou conseguindo correr trechos cada vez maiores, e quando não resisto parto pra caminhada bem forte até recuperar o fôlego, e então volto a correr, buscando meu limite, buscando baixar o tempo, buscando melhorar como um todo, e curtir o resultado depois é indescritível.


A melhor equipe: Silvia Aguilhar Running (já pegou! hehe)




Nossa Torcida Organizada: Não precisamos de MAIS NADA!



Bruxona, minha fiel companheira, amiga-amiga-amiga-amiga... Não tenho mais o que falar de você, Érica... só mesmo das suas pernas e garça e dos seus braços de orangotango... hahaha... Te Amo!


Ah, sim, claro! O Pós-Prova! Esse nunca pode faltar, então lá fomos nós para a Bendita Hora comer pizza porque, né? Atleta precisa de energia, muuuita energia! hahahahahahaha!




Olha eu aí! Acreditem, eu também (quase) corro! E acabei de descobrir que corrida é um dos esportes mais democráticos que existe, já que até quem é Farto (viva os Fartos!), pode praticar... Tente você também! Eu recomendo!









E Domingo que vem tem mais!
(corrida para mulheres)
vem aí! Aguardem!

Um comentário:

ERICA disse...

B-A-R-B-A-R-I-D-A-D-E........

AMIGA, EU TE AMO......Isso explica tudo....

beijos