sábado, 17 de janeiro de 2009

Fim da Novela, Fim da Minissérie, Fim das MiniFérias (não necessariamente nesta ordem!)

Olá, pessoas queridas que me lêem! (tenho sempre a impressão de que nesse período de férias de verão todo mundo tem mais o que fazer e ninguém passa por aqui pra ler porcaria nenhuma, mas, em todo caso... Olá!)

Espero que esteja todo mundo bem, apesar da crise mundial, apesar do calor infernal que dominou os últimos dias paulistanos, apesar das tempestades de final de tarde que vira e mexe provocam o caos no trânsito e alagamentos assustadores, e apesar de a Flora não ter morrido e ainda ser perfeitamente capaz de assombrar a vida de qualquer um...

Estou aqui, curtindo o restinho das minhas mini-férias a dois... A semana voou só pra mim ou foi pra todo mundo? Caramba... sei que é o clichê-do-clichê-do-clichê, mas parece que quando a gente programa várias coisas pra fazer o tempo voa e não nos deixa fazer nem 1/10 do planejado... Afff... mil vezes Afff!

Mas ok. Foi mesmo uma semana atípica...

Final da Favorita - não que eu seja tããããoooo noveleira assim, é só que não tinha como não acompanhar a Flora, né, minha gente? Minha ídola super... ever! (principalmente depois que a Donatela me resolve arrancar o vestido de noiva - horrendo por sinal - no meio do casamento e passar o resto da cerimônia e da festa de combinação... Ji-suis! Até cafonice em novela tem limite nessa vida, minha gente! peloamor, né?).

Final de Maysa, a minissérie que me hipnotizou (acabou de acabar o último capítulo) e me surpreendeu... Eu poderia usar um adjetivo bem mais expressivo porque vinha adorando a história, mas tenho que dizer que no capítulo de ontem fiquei com tanto ódio da Maysa que não consegui parar de xingá-la de FDP até agora... como uma mãe faz um negócio daqueles com o filho? Gente, quase tive um colapso quando vi que ela voltou para o Brasil e largou o pobre do menino lá na Espanha, e o bichinho ficou 2 anos inteiros sem receber visita... judiação...

Fiquei depois pensando que o Jayme Monjardim deve fazer muita terapia até hoje pra superar esses traumas. E talvez nem tenha superado. Desenvolvi até umas teorias mirabolantes aqui na minha caixola, analisando a mãe do rapaz e sua atual esposa... As suas se parecem, e muito... A tal da Tânia Mara (... sempre que quiser um beijo, eu vou te dar... ohohoh, sua boca vai ter tanta sede, de me tomar, ououieiei...), assim como Maysa, canta músicas quase bregas e de fossa, um tantinho "modernizadas" pra atualidade, digamos assim, mas é aquele estilão romântico bem peculiar. Assim como Maysa, Tânia Mara também tem a pele bem clarinha, os cabelos escuros e cacheados... E os grandes e expressivos olhos verdes (ou azuis, nunca sei diferenciar, sorry!). Assim como Maysa, Tânia Mara casou-se bem jovem com um homem bem mais velho - o próprio Monjardim. E sabe-se lá que outras semelhanças possam existir, né? Pode ser apenas coincidência, pode não ser, mas, enfim... Voltando à minissérie, fiquei mesmo com ódio porque sou mãe, né, gente, e não consigo absolutamente de ângulo nenhum entender as razões que levam uma mãe a abandonar o próprio filho... e essa "informação" na minissérie me fez perder um pouco da paixão pela história... Mas foi lindo, no geral foi lindo, interessante, sedutor como é a maioria das biografias de pessoas "incomuns". E Maysa, sem dúvida nenhuma, foi uma pessoa absolutamente incomum, para o bem e para o mal, infelizmente.

E Final também das minhas microférias a dois... o que tem um lado ruim (não fizemos quase nada do que pretendíamos, e se vocês me perguntarem por quê nem vou conseguir ser criativa e vou responder apenas que não deu tempo porque trabalhamos muito), mas tem também um lado maravilhoso, porque isso significa que faltam apenas 2 dias e meio para eu rever o meu tesouro, de quem estou morrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrendo de saudade...

É muito estranho passar tantos dias longe do meu filho... E olha que já passamos por isso há 3 anos, mas se tem uma coisa que eu aprendi nessa vida é que a gente nunca se acostuma com a ausência de quem a gente ama. Ainda bem que ele está ótimo, se divertindo horrores, e eu tenho acompanhado tudinho religiosamente pelo site do Acampamento, vendo todas as fotos e curtindo por tabela todas as atividades super legais que ele tem feito por lá.

Nos falamos por telefone apenas quinta-feira, e não, eu NÃO sou uma mãe desnaturada, apenas tento ser forte e resistir ao meu ímpeto de ficar ligando todo dia, toda hora, porque, né? A idéia do acampamento é justamente o contrário disso, e nem acho justo tirar a criança do meio de uma atividade ou brincadeira pra atender o telefone... Então eu não ligo, vejo as fotos no site, mando email (eles recebem os emails impressos nos chalés), e fico aqui, me corroendo de saudade...

Aí quinta-feira ele ligou, todo cheio de histórias pra contar, pra dizer que estava com saudade também mas "pra eu ficar tranquila que logo logo ele tá voltando" (vê se eu mereço!), e o que ele queria saber na verdade era se eu já tinha comprado um joguinho para o videogame dele que prometi comprar enquanto ele estivesse fora (porque promessa é dívida, né minha gente, e pra garantir que eu não ia usar a desculpa do "esqueci", ele tratou logo de ligar pra me lembrar). Vida de mãe é assim... a gente nunca tem escapatória... rsrs

Mas no fim das contas, e apesar de "tantas emoções" nesta semaninha ajato, até que eu e o maridão conseguimos curtir um bocado... Demos nossas "voadas" por aí, fizemos coisas diferentes e fomos a alguns lugares que não podemos ir quando o Lucas está por aqui... Foi uma delícia!

Aí pra encerrar o período com chave de ouro, vamos amanhã para o Hospital. É. Pois é. Mas não é nada tão grave não, meu marido apenas vai fazer uma cirurgia por videolaparoscopia no ombro, o que exigirá internação de amanhã para domingo, e eu, esposa atenciosa que sou, estarei lá para segurar sua mão neste momento difícil (ah, esses homens manhosos!). Este será o meu weekend in love. Porque o amor é lindooooooooo! hehe

E é isso. Taí meu relatório. Acabei não escrevendo nada do que pretendia quando sentei aqui e seguindo outro rumo, e agora já nem lembro mais qual era a idéia original. Talvez seja o adiantado da hora, o que acabou de me lembrar que tenho que estar de pé e pronta às 5h00 pra levar o marido para o Hospital, e consequentemente isso significa que preciso encerrar o post e ir dormir pelas 3 horinhas que me restam até lá.

Pra não terminar assim, de qualquer jeito, vou deixar algumas fotos do meu gatinho lá no Acampamento... Vejam como ele se diverte! E se ele está bem, então eu também estou!



E vamos ao Final de Semana!

Que seja estupendo pra todos vocês!

2 comentários:

uiara disse...

Poxa eu perdi a Maysa.
Justamente enquanto eu assistia, a luz acabou aqui em casa...
Lindo o filhão heim ? Parabéns.
Adorei teu blog.
Bjos e bom findi

Karla disse...

O bom é q seu filhote já vai estar de volta e q bom q vcs se curtiram mas seu filho é lindoooooo!

Beijos e saudades de vc!