quinta-feira, 12 de junho de 2008

Adeus 31... Olá, 32!!!

O tempo passa, o tempo voa, e lá se foram os meus 31 aninhos...

Pois é, hoje é dia de dar adeus a mais um ano de vida e dizer olá a outro ano que se inicia, meus 32 anos!

Claro que depois dos 30 fazer aniversário já não tem mais um sabor tão doce, mas ainda assim continuo adorando comemorar a data... Sou uma trintona feliz, e o que serve de consolo é saber que vivi mais um ano intensamente, e que apesar de mais velha, também estou mais experiente, mais madura, mais mulher...

Gosto de fazer balanços quando encerro um ciclo, de pensar em tudo que se passou e saborear a sensação de ter superado tudo (ou quase tudo), até os momentos mais difícieis, da mesma maneira que é maravilhoso saborear a sensação das conquistas realizadas no período.

Aos 31 anos eu Casei, realizando um sonho adormecido há muito tempo, e durante esta experiência vivi algumas das emoções mais intensas de toda a minha vida; Participei também do casamento de uma das minhas irmãs (Cátia), e este foi outro acontecimento muito marcante, porque quem me conhece sabe do vínculo estreitíssimo que eu tenho com as minhas irmãs, e de como torço muito para que elas também realizem seus respectivos sonhos.

Aos 31 anos sofri um sério acidente automobilístico, que causou muita dor física e emocional, mas que, superado, trouxe preciosas lições de vida, de amor, de amizade.

Aos 31 anos escrevi muito, continuei prolixa como sempre, mas mantive o Blog como um precioso aliado para extravasar minhas emoções, e surpreendentemente conquistei leitores e admiradores que me serviram de combustível pra continuar escrevendo e contando meus causos, o que também me diverte muito. Aliás, estabeleci relações preciosas nesse mundinho virtual... Conheci pessoas incríveis que sempre me dão muita força, que me visitam, me lêem, me acompanhaam... Algumas dessas amizades saíram do plano virtual e tornaram-se reais, pelo que sou imensamente grata, já que tenho hoje novos amigos muito especiais graças a toda essa loucura de internet.

Aos 31 anos tive perdas irreparáveis, o que me causou muito sofrimento... algumas perdas são definitivas, outras não, e estou ainda aprendendo a entender que algumas pessoas se vão e não querem mais voltar, outras não podem mais voltar, então preciso seguir adiante apesar de tudo. Algumas pessoas são insubstituíveis, mas de alguma forma a gente aprende a lidar com o buraco que fica, administrando a saudade com a lembrança de momentos bons.

Aos 31 anos, por outro lado, conquistei amizades valiosas, conheci pessoas especiais e fortaleci vínculos que me são importantíssimos... Se tem uma coisa que vale a pena nessa vida é a dinâmica de conhecer pessoas o tempo todo, e iniciar uma amizade espontaneamente, sem planejar, amizade esta que se torna fundamental e serve de combustível para seguir adiante.

Aos 31 anos curti intensamente a minha família, vivi momentos memoráveis em reuniõezinhas caseiras com meu marido, meu filho, minhas irmãs e meus cunhados, e tive ainda mais comprovações daquilo que eu já sabia - que a felicidade está nas pequenas coisas, desde que a entrega seja verdadeira e estejamos de coração aberto.

Aos 31 anos vi muitos filmes, li muitos livros, viajei menos do que gostaria mas aproveitei tudo ao máximo. Festejei muto, até as datas mais "bobas", e fiz jus mais do que nunca à minha fama de festeira, oras como anfitriã, oras como "arroz de festa".

Aos 31 anos enfrentei momentos difíceis, de depressão e tristeza profunda, mas pude comprovar a máxima de que não há problema sem solução, e de que com a ajuda e compreensão das pessoas que amamos, até a situação mais adversa é superável.

Aos 31 anos amei intensamente e fui amada com igual intensidade. Vivi tristezas profundas e alegrias imensas. Senti dor e prazer. Surpreendi e fui surpreendia. Cometi muitos erros mas também alguns acertos, e como sempre tirei lições preciosas de cada situação conturbada. Curti preguiça mas também tive meus dias agitados e tumultuados. Fui vitimada pelo stress (quem não é?), mas sobrevivi. Trabalhei muito, ganhei menos dinheiro do que gostaria mas o suficiente para manter-me de pé, forte, disposta a seguir adiante.

Resumindo, aos 31 anos, como diria o Rei Roberto Carlos, "Se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi!"

E que assim seja aos 32!

Agora, num momento de narcisismo total, algumas caras e bocas dos meus 31 anos:


Parabéns para mim! Eu mereço!

9 comentários:

Odylo disse...

Meu amor, não fique preocupada que vc é igual a vinho "Quanto mais velha vc ficar, mais maravilhosa vc se tornará.

Feliz Aniversário e que nós possamos repetir e comemorar esta data por muitos e muitos anos, JUNTOS.

TE AMO.

Lucy e Jeff disse...

Que linda postagem, sabe não gosto de fazer aniversário des de criança rs talvez pq eu espere atenções diferenciadas, tipo que se lembrem de mim, me façam festa surpresa, sinto gosto de despedida, não sei dizer uma sensação estranha etc rss mas desejo de coração que nesse ano vc tenha em dobro td felidade da sua vida parabéns td de bom !!! amei essa festinha á três muito gostoso rssss bjssssssssssss

Karla disse...

Querida!

Parabéns amiga, tudo de bom pra vc. Mas 32 anos vc está ótima e muitos queriam ter esse corpinho ai, um marido maravilhoso pra vc e um filho lindo! Vc merece isso e muito mais amiga.

Beijos

JACKE disse...

PARABÉNS Flavinha!
Muitas felicidades!!!

bjs Jacke

Binha disse...

Parabéns atrasado !!

Eu também amo fazer aniversário e nem ligo se já passei dos trintas, quero mesmo é um dia chegar aos 70, mas sem pressa rs.

Lindo seu post, e que o 32 seja o ano mais feliz da sua vida, até chegar o 33.

Beijos, Binha.

Tati e Rapha disse...

Parabens muitas felicidades, hj tava aqui espiando os abuns e fiquei xeretando o seu até que achei seu album de casamento suas fotos e tudo mais rss
achei lindo vc etsva linda ava tudo lindo.

bjs

Judson Gurgel disse...

Parabéns por completar mais uma volta em torno do sol prima gata!
Espero que nos seus 32, hajam muitas outras emoçoes, e que se não todas, a grante maioria delas sejam de alegria e realizações!

Grande abraço!

¹²³NaTy disse...

Olá Flávinhaaa....aqui éh a Flá Okubo hihihi.
Antes tarde do q nunca...hehehe.PARAbÉNS!!!,mesmo com um pouco d atraso,não poderia d desejar mil felicidades,amor,paz,sucesso e saúde pra alguem tão especial como vc!Que Deus continue abençoando a sua vida somente com coisas boas,pois vc merece e pode ter certeza q terá tda a minha torcida.Muitos Bjos e Abraços^^.

Obs: Continuo lendo o seu blog!Afinal sou fã number 1....ahahahaha.

Noivinha Pâm disse...

Ai meu Deussssssss....Eu não sabia que era seu niver!!! Afffff....que vergonhaaaaa...Amiga, aceita meus parabéns atrasado???

PARABÉNSSSSSSS, MUITA FELICIDADE NA SUA VIDA, QUE DEUS ESTEJA SEMPRE TE GUARDANDO...

P/ variar um post lindoooo, amei flor... vc realmente tem o dom da escrita... rs...

Beijos no coração!!!