segunda-feira, 23 de junho de 2008

Músicas que me Inspiram - Parte VII

Genteeeeeeeeeeee... O que está acontecendo comigo??? Acho que fui vitimada por uma onda de limbo criativo, algo do gênero, porque acabei de perceber, vasculhando meu próprio Blog, que faz é tempo que não escrevo sobre os filmes que vejo, sobre os livros que leio, sobre notícias polêmicas e tantas outras coisas sobre as quais sempre adorei escrever.

Na verdade não é exatamente um problema criativo, porque eu até tenho milhões de idéias, mas elas têm chegado sempre de madrugada, enquanto estou me revirando na cama, e com o frio dos últimos dias a preguiça acaba me dominando, evitando que eu saia da cama para vir postar. E durante o dia é aquela doideira, quando lembro das idéias da madrugada não tenho tempo de redigi-las, e quando tenho tempo de redigi-las não consigo me lembrar exatamente em que termos gostaria de falar, de modo que o Blog anda meio sem tempero... Eu não gosto disso, e já estou trabalhando para melhorar a situação, ok? Só mais um bocadinho de paciência que logo logo eu venho com uma nova "bomba"! hahaha!

Enquanto isso não acontece, me ocorreu que depois de vários posts sobre as músicas que me inspiram, deixei de destacar aquela que é senão a mais, com certeza uma das mais importantes canções da minha vida. Uma música que tem um significado todo especial por incontáveis motivos, e que me emociona profundamente toda vez que a ouço. Uma música que fala de transpor barreiras em prol daqueles que amamos, uma música que fala de um amor forte e poderoso o bastante para superar qualquer obstáculo, seja esse amor entre um casal, entre amigos, entre pais e filhos, ou qualquer outro tipo de amor... desde que seja verdadeiro, será sempre capaz de derrubar qualquer obstáculo.

Eis a música de hoje: Ain´t No Mountain High Enough, na minha versão preferida com Marvin Gaye e Tammi Terrell. A letra diz tudo, e se você quiser ver a tradução completa, clique aqui.

Aliás, preciso fazer um parênteses. Gostaria de falar de Amizade, porque esta música tem tudo a ver com amizade, mas preciso fazer isso num post próprio, já que o assunto é extenso demais. De qualquer forma, não vou perder a oportunidade de dizer que, mesmo depois de 32 anos de vida, mesmo depois de tantas frustrações e decepções com diversas pessoas, mesmo depois de tantas cabeçadas e erros tolos que viraram erros fatais, e mesmo depois de tantas experiências tão intensas (positiva ou negativamente), continuo sendo uma pessoa que acredita no ser humano. Continuo amando as pessoas de graça, continuo me encantando com as pessoas sem precisar de muito mais do que um sorriso ou um gesto de carinho/atenção/compaixão, continuo me permitindo conhecer e ser conhecida, admirar e ser admirada, e continuo fazendo sempre tudo o que está ao meu alcance por aquelas pessoas que eu tenho guardadas no coração.

Por isso, quero dedicar essa música a todos os meus amigos, os novos e os velhos, os bons e os maus, os ricos e os pobres, os famosos e os anônimos, os chiques e os bregas, os legais e os chatos, enfim... Quero dedicar esta música especialmente a todos os meus amigos do coração, porque vocês são fundamentais pra mim!

Beijos Especiais para Bruxona (Érica) e Lesinha (Vânia), minhas fiéis escudeiras que me aturam até quando ninguém mais o faz, que me entendem quando ninguém parece me entender, que relevam minhas crises e colocam panos quentes quando eu piso na bola porque sabem que isso significa que não estou no meu "normal", que me ajudaram a superar momentos dificílimos e nunca me cobraram nada em troca disso, que souberam me dizer as verdades que eu precisava ouvir sem que isso se tornasse uma agressão, que me fazem rir quando eu só consigo chorar e que me fazem chorar de rir sempre. Amo vocês!

Beijos Especiais para o meu amigo-irmão-dindinho Elieser, que está tão longe dos olhos, mas vive eternamente dentro do meu coração. Você me faz muuuuuuuuuuita falta, monstro, mas eu Te Amo mesmo assim, viu?

Beijos Especiais também para a minha amiga "energia pura" Tina, com quem tenho dividido ótimos momentos "cotidianos" ultimamente... uma pessoa que eu adoro ter por perto, porque tem uma energia tão boa que é impossível não se contagiar... Uma amiga generosa, que sabe falar e ouvir, admirar e ser admirada, sorrir e chorar, e que é extremamente intensa e verdadeira em tudo o que faz. Amo você, Fófis!!!

Finalmente, Beijos Especiais para minhas novas "velhas-amigas" Vanessa, Aline, Mary, Bianca, Kely, Léa e Carla. O pouco tempo de conhecimento não limita nem diminui a qualidade de uma amizade, uma coisa não tem nada a ver com a outra, de modo que, como eu sempre brinco, vocês são minhas mais novas "Amigas de Infância", porque é como se nos conhecêssemos há muitos anos, né? Amo muito vocês, vocês sempre me divertem demais com palavras inspiradíssimas, comentários engraçados ou um simples abraço no momento certo... E isso, definitivamente, não tem preço!

Pra vocês, queridos e queridas, "Ain´t No Mountain High Enough"



5 comentários:

Tina disse...

Fala sério, o que é ter uma super, hiper, ultra, mega amigona como a Flávia????? É tudo de melhor que pode existir, tbém te adoro muito viu??????

Binha disse...

Que linda suas palavras sobre acreditar no ser humano.. adorei !
Beijos, Binha.

Binha disse...

Tenha uma bela semana !!
Beijos, Binha.

Vanessa disse...

Fico honradíssima cada vez que vc lembra de mim Flá, adorei clip.
Vc foi uma pessoa que me fez enxergar o rela significado da palavra "amizade" e isso é impagável,s e é que escrevi corretamente.
beijos da Van

Vania disse...

Nossa....obrigada pelo carinho mor...... bjs
Vania