segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

A Má Educação

O ser humano é o bicho mais estranho que existe, isso todo mundo já sabe... O que não dá pra entender é o que algumas pessoas fazem com a "pseudo" inteligência que possuem... Não dá pra entender por que algumas pessoas adotam um comportamento tão bizarro quando a questão é o convívio social, quando a questão é o respeito ao próximo...
Observando essas barbaridades cotidianas, tenho pensado muito sobre a razão de tais atos... Obviamente, não encontrei resposta lógica para nada... Simplesmente porque não há lógica que explique isso:


* Por que é que as pessoas quando usam banheiro público, inclusive de shoppings, cinemas, casas de show, etc., têm o péssimo hábito da não dar descarga?
(Isso acontece em lugares frequentados por todas as classes sociais, acreditem! Sexta-feira passada mesmo, fui ao Cine Bombril, no Conjunto Nacional - Av. Paulista, teoricamente um lugar "bem frequentado", e ao usar o banheiro me deparei com a "herança" de algum porco travestido de gente que esteva lá antes de mim.)

* Por que é que as pessoas quando usam banheiro público não jogam o papel higiênico usado DENTRO do lixo?
(Vejo sempre isso, em qualquer lugar... o cesto de lixo está lá, enorme, cheio de "espaço", mas as pessoas insistem em jogar o papel no chão, emporcalhando o lugar)

* Por que é que as pessoas quando usam banheiro público e vão lavar suas mãos (aqueles que lavam), têm a necessidade de molhar toda a bancada da pia, saem chacoalhando a mão e vão respingando o banheiro inteiro até chegar no porta papel toalha?
(Isso também é fato: Nunca encoste na bancada de uma pia de banheiro público, porque está sempre molhada, como se alguém tivesse tomado banho ali... Fala sério, precisa disso? Porque não se limitar a lavar as mãos como gente, molhando apenas o interior da pia, lugar feito exclusivamente pra isso?)

* Por que é que as pessoas quando vão a lugares públicos, e onde dividirão espaço com outras pessoas, como em cinemas, casas de show, banco, etc., têm a necessidade esdrúxula de tomar banho de perfume, e obrigar os outros a ficar o tempo todo sentindo aquele cheiro?
(Isso acontece com quem usa perfume barato mas também com quem usa perfume caro. No mesmo Cine Bombril que citei acima, na última sexta-feira, sentou ao meu lado uma "madame" que deve ter tomado banho com seu chanel nº 5. A cada mexida que a fulana dava na poltrona, subia aquele perfume forte, insuportável (posto que exagerado), e todos que estavam à sua volta tiveram que assistir o filme quase sufocados simplesmente porque a mulher não tem a menor noção de respeito ao espaço alheio!)

* Por que é que as pessoas não usam desodorante?
(Custa baratinho e não faz mal a ninguém, mas mesmo assim encontramos o tempo todo pessoas fedorentas que não têm a menor noção de higiene, e acham normal dividir seu cecê com os outros! Eca!)

* Por que é que as pessoas quando vão ao cinema ou ao teatro não desligam seus telefones celulares?
(Várias vezes já presenciei esse cúmulo da falta de educação. Às vezes, a pessoa deixa no vibra call e quando toca ninguém escuta, mas a pessoa acha que por isso pode atender e conversar durante o filme! Outras vezes, a pessoa sequer deixa o celular no modo silencioso, então o bicho começa a se esgoelar no meio do filme, e geralmente a pessoa ainda demora um tempo pra encontrar o aparelho dentro da bolsa, ou seja, incomoda todo mundo! Eu sempre digo: Ok, existem pessoas que não podem desligar o celular (será?), por motivos pessoais, de trabalho, seja lá o que for. Então tá. Suponhamos que isso seja verdade. O mínimo que a boa educação pede é que a pessoa então deixe o maldito aparelho no modo silencioso, e se ele tocar, azar o dela! Saia da sala e vá atender lá fora!)

* Por que é que as pessoas jogam lixo pela janela do carro?
(Vejo isso o tempo todo, e quase infarto. Tenho vontade de parar o carro, descer, pegar o lixo do porco, ir atrás e devolver o lixo dizendo: "Desculpe, mas acho que você deixou cair isso lá atrás, no meio da rua!". E isso também acontece com todas as classes sociais... vejo porcos a bordo de fuscas, motos, e de carros importados e caríssimos... Por que é que porco tem carteira de motorista?)

* Por que é que as pessoas jogam lixo no meio da rua, no chão de restaurantes de fast-food, em shoppings, em qualquer lugar?
(Já ouvi a esfarrapada desculpa: "Ah, é só um papelzinho de bala! E a Cidade já é imunda mesmo!". Sem comentários, né? Minha bolsa é praticamente um depósito de papel de bala, cartãozinho não sei do quê, panfletos, etc. Isso não me causa transtorno algum. Simplesmente quando chego em casa pego todo o lixo e jogo no lugar certo. No lixo! Simples assim!)

* Por que é que as pessoas furam fila?
(Isso só pode ser comportamento de quem é filho de chocadeira, cara, na boa... Porque quem tem mãe, quem tem pai, por mais pobre ou simplório que seja, aprende desde pequeno que temos sempre que "esperar a nossa vez"! Mas tanta gente não faz isso...)

* Por que é que o povo dirige igual maluco, e no meio do engarrafamento ultrapassa os outros pelo acostamento?
(É a mesma história da fila. Questão de civilidade. Mas o que mais se vê são carros de todas as marcas e todos os preços dando uma de "esperto", querendo ultrapassar quem está na fila do congestionamento pelo acostamento...)

* Por que é que as pessoas vão a festas formais vestidas inadequadamente?
(Você recebe um convite de alguém pra ir a um casamento, um jantar formal, ou qualquer ocasião festiva em que está mais do que óbvio que há uma formalidade envolvida, mas simplesmente ignora tudo e aparece no lugar de jeans, camiseta, tênis? Não dá, né... Bom senso é bom e todo mundo gosta! E além do mais, pode estragar a festa do anfitrião, porque avacalha todo o cuidado que ele teve em preparar algo delicado, bonito, elegante. Sim, um jeans pode ser uma roupa excelente, para a ocasião certa! Mas num casamento, fala sério! Falta de educação total!)

* Por que é que as pessoas são convidadas para um casamento religioso, mas aparecem apenas na festa?
(Não foi o meu caso, mas já vi muito isso... A igreja vazia, quase ninguém prestigiando a cerimônia dos noivos, e quando se chega no salão de festas o lugar já está lotado, de gente que foi apenas pra "parte legal", apenas pro "rega bofe", apenas pra "Balada"... affffffffffff)

* Por que é que as pessoas ficam bêbadas nas festas dos outros?
(Também acho isso o cúmulo do absurdo. Se você vai a uma festa e lá tem bebida, ótimo! Beba, mas beba socialmente, porque você está ali socialmente, não para "enfiar o pé na jaca"... Se quer ficar bêbado e fazer papelão, faça isso na sua casa, mas não estrague a festa alheia!)

* Por que é que as pessoas vão a Churrascarias no sistema de Rodizio e saem lotando o prato no buffet, pra depois não comer nada e estragar tudo?
(Fico possessa com isso... E vejo muito, infelizmente... A pessoa vai ao rodízio, pega um monte de coisas no buffet só porque "está pagando", e depois deixa o prato de lado... Vai tudo pro lixo, e é comida, gente! É comida pela qual alguém está pagando (nós mesmos), e pior do que isso, é comida que vai pro lixo por um simples capricho de algum retardado que quis "fazer valer o preço")

* Por que é que as pessoas vão a praças de alimentação de Shoppings, comem, e depois não levam suas bandejas para as lixeiras apropriadas?
(Se você não quer ter esse "trabalho" (que não aleja ninguém), vá a um restaurante com serviço à la carte! Porque em praça de alimentação é fast-food, é outro esquema, e só é possível manter o mínimo de ordem no lugar se todo mundo for civilizado o bastante pra saber que depois de comer o seu MC Donald´s ou seja lá o que for, você deve pegar sua bandeja com o lixo, jogar na lixeira e deixar a bandeja no lugar adequado. Não custa nada, né, gente! E além do mais, as funcionárias que trabalham nas praças de alimentação acabam fazendo isso, lógico, mas não é função delas, além de esse comportamento primitivo contribuir para a "zona" do lugar)

* Por que é que os motoristas param o carro sobre a faixa de pedestres?
(Eu tenho vontade de passar por cima do carro do infeliz que faz isso! Ninguém respeita pedestre nesse nosso país, ô povo mal educado!)

* Por que é que os motoristas buzinam desesperadamente durante um engarrafamento, mesmo sabendo que isso não fará o trânsito andar mais depressa?
(Tem gente que acho que tem orgasmo com o som da buzina do carro, só pode ser! Você tá lá, no meio de um engarrafamento monstro, tá vendo que não tem como andar nem pra frente, nem pro lado, nem pra canto nenhum, daí fica puto da vida por estar atrasado, e tal, e no meio disso tudo alguém tem a brilhante idéia de enfiar a mão na buzina... Daí logo vem outro no embalo, até que começa uma verdadeira fanfarra de buzina, perturbando quem está dentro dos carros, perturbando quem está fora dos carros, perturbando quem mora nos arredores, enfim... E não resolve nada, lógico! Só aumenta a poluição sonora e torna a permanência no trânsito ainda mais insuportável)

* Por que é que os pais quando vão buscar seus filhos no colégio estacionam o carro em fila dupla?
(Na verdade, isso não é um problema exclusivo das saídas dos colégios, mas é onde vejo com mais frequência... Todo mundo acha que só porque é a hora de pegar o filho, não há lei de trânsito, então sai parando o carro de qualquer jeito, fechando os outros, interrompendo o trânsito, um caos!)

* Por que é que as pessoas quando vão a shoppings, supermercados, etc., estacionam seus carros totalmente tortos, ocupando duas e às vezes até três vagas?
(Essa é uma das coisas que mais me irrita... Não me conformo com a quantidade de gente mal educada que acha que pode estacionar o carro do jeito que quer... Vejo muito isso em shoppings, quanto mais "nobre" o shopping, mais comum... o povo chega e do jeito que entra na vaga, pára o carro, pra não ter o trabalho de manobrar... com isso, o outro que vem depois não consegue parar naquela vaga, e quando o lugar lota, fica lá o folgadão fechando um lugar que por direito devia ser do outro motorista!)

* Por que é que as pessoas estacionam em vagas reservadas para deficientes, idosos e gestantes?
(Tenho vontade de dar uma paulada na perna do motorista infeliz que ocupou a vaga de deficiente querendo ser "esperto"... assim ele faria jus à vaga... afffffff... Semana passada teve até uma reportagem sobre o assunto no Jornal Nacional... Em lugar nenhum do Brasil as pessoas respeitam as vagas reservadas, é vegonhoso...)

* Por que é que as pessoas cospem no chão?
(Eca! Eca! Eca! Mas tá cheio de porco por aí fazendo isso!)

* Por que é que as pessoas empurram as outras pra entrar no metrô?
(Eu até já sofri um acidente por conta disso... Estação de Metrô aqui em SP na hora do rush é cruel, praticamente um cenário de guerra... O trem chega lotado, tem uma multidão esperando pra entrar, e quando ele abre as portas os de trás simplesmente começam a empurrar, sem nem ver se no meio daquela confusão tem um idoso, uma gestante, uma criança, alguém que não consiga se livrar facilmente do "mar de gente"... Um perigo, por pura falta de respeito e paciência de esperar a sua vez!)

* Por que é que as pessoas não respeitam os idosos?
(Gente, fala sério! Idoso! Todos nós seremos um dia! Idoso (a maioria deles) tem dificuldade de locomoção, reflexo reduzido, anda mais devagar, essas coisas todas... mas tem gente que não respeita, xinga, praticamente passa por cima, seja no meio da rua, num shopping, no supermercado... As pessoas selvagens não querem nem saber, ajudar que é bom, nada!)

* Por que é que as pessoas ligam pra casa dos outros de manhãzinha em pleno final de semana?
(Ok. Essa questão é controversa, como já pude apurar em conversas com amigos... Mas na minha opinião, final de semana é pra descanso, e como tal as pessoas podem fazer o que quiserem, inclusive dormir até mais tarde... Não tem coisa mais inconveniente do que acordar em pleno domingão às nove horas da manhã simplesmente porque alguém queria "bater papo"... Se não é emergência, pode esperar um pouquinho, né?)

* Por que é que as pessoas não votam direito, não fazem a sua parte, e colocam a culpa de tudo no governo?
(Claro, temos um governo vergonhoso, isso ninguém contesta! Mas daí a dizer que a culpa de tudo que acontece no mundo é "do governo", é um pouco demais, né? O povo joga lixo nas ruas, emporcalha a cidade, daí quando vem uma chuva daquelas e alaga tudo, não demora pra aparecer gente dizendo que "a culpa é do governo". O povo faz muito mais filhos do que têm condições de criar, não dá educação, não dá o mínimo que uma criança precisa ter, e a culpa é de quem? Do governo! Eu fico irada toda vez que escuto essas reclamações, sabe? É bem verdade que muita coisa é sim culpa do governo, mas enquanto cidadãos temos que fazer a nossa parte, principalmente com relação às questões que citei aqui... Se você joga lixo na rua, se você não cuida da cidade em que vive, não ponha a culpa nos outros! Você também é responsável!)

* Por que é que as pessoas não usam no seu dia a dia as "palavrinhas mágicas" POR FAVOR, COM LICENÇA, OBRIGADA?
(Não custa nada, mas muita gente parece estar "ocupada demais" pra perder tempo com essas "bobagens"... Bobagens??? Claro que não! Se todo mundo tivesse esse mínimo de senso de civilidade e repeito ao próximo, talvez vários dos itens acima não existiriam...)

2 comentários:

Fê, a noiva neurótica! disse...

essas perguntas deveriam ser impressas em milheiros e distribuidas nos metros e terminais de onibus do país inteiro.


BANDO DE FILHOS DUMA PUTA


www.anoivaneurotica.blogspot.com

Flávia Aguilhar disse...

*** Comentário deixado no meu Orkut pelo meu amigo Elieser ***

-----

Elieser:
PORQUE AS PESSOAS FICAM BEBADAS NAS FESTAS DOS OUTROS????Pensei muito e acredito que se trata da cachaça ser DE GRAÇA!!!!!!!!Ajudei???????????