segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008

Nostalgia Carnavalesca

Caramba... esse Carnaval tá mais difícil do que eu imaginei que seria... Tá f*** ficar em casa 24 horas por dia... tá difícil conseguir passar o tempo com qualidade...

Maldita hora em que eu não comprei logo aquele outro livro que eu tava querendo ler, viu! Agora, nem isso dá pra fazer... Tá, eu até poderia ir até um shopping e comprar o raio do livro na boa, a maioria do comércio tá aberto hoje, mas e a preguiça??? O que eu faço com ela??? Socorro!!!

Me resta a TV, que eu tô zapeando, pra lá e pra cá, pra cá e pra lá... De repente, me ocorreu que há anos atrás, quando eu era criança, sempre tinha um programa super divertido nas manhãs de Carnaval... e passava na TV, na extinta TV Manchete, lembro bem!!!

Era o "Concurso de Fantasias" do Hotel Glória, lá no Rio de Janeiro, vocês lembram disso??? Caramba, bateu uma nostalgia agora...

Eu ADORAVA ver os concursos de fantasia, simplesmente não saía da frente da TV, até porque era uma das poucas coisas relacionadas ao Carnaval que meu pai nos deixava assistir... Quem não lembra do "Clóvis Bornay" (ele ainda existe?), que todo ano vencia na categoria "Luxo Masculino"??? Noooooosssssaaaaa.... faz muito tempo...

Cada categoria, nossa, era o maior barato..., a que eu mais gostava era a categoria "Originalidade", porque daí eram fantasias realmente criativas... lembro bem de uma que ganhou certo ano, uma fantasia chamada "A Magia do Circo" (ou algo assim), e a mulher tinha em volta do seu corpo literalmente uma lona de circo montada... Era cada coisa!!! O povo mal conseguia andar com aqueles trambolhos, mas desfilavam pelo salão do Hotel Glória, e tinha um locutor de voz aveludade que ia explicando quantos paetês, quantas plumas tinham sido utilizadas, ia explicando a história da fantasia, coisas assim...

Dá saudade daquele tempo em que o Carnaval ainda tinha muito a ver com fantasias...

Porque hoje em dia o negócio é sair pra "pular" o Carnaval com o mínimo de roupa possível, na Bahia são os tais dos abadás, no Rio é quase nada de roupa mesmo, enfim... até nos Bailes mais tradicionais, o que "pega" atualmente é o minimalismo quando o assunto é o figurino... uma pena!!!

Eu bem queria ter assim, um "Baile de Máscaras" ou um "Baile à Fantasia" (com concurso e tudo), daqueles bem chiques, pra ir... Deve ser legal!

Um comentário:

Fê, a noiva neurótica! disse...

Nossa, deve ter sido legal ver isso! ahuahuahuaha
adooooro fantasias!!
acho que nao passava mais quando eu era pequena né???