sexta-feira, 11 de maio de 2007

Sem Noção

Meu pai é sem noção... completamente sem noção...
Minha mãe costumava dizer que eu era a "queridinha do papai", e talvez eu fosse mesmo... não sei se por ser a filha mais velha, não sei se por afinidade mesmo... sempre tive uma ligação muito especial com o meu pai, ele sempre foi um Herói pra mim...
Lembro-me que quando eu estudava no Sesi, acho que na 6ª série, teve um concurso de redação próximo ao Dia dos Pais, entre todos os Sesis de São Paulo, e eu escrevi uma redação dizendo tudo o que eu pensava sobre o meu pai, e ganhei o concurso... Na época o prêmio era uma medalha e uma calculadora... ainda não eram vendidas em camelôs, então era um prêmio bem importante!
Bom, mas acontece que a vida segue, a gente vira adulto e descobre que todo mundo tem defeitos, que até nossos heróis têm suas fragilidades, e quando o assunto é pai e mãe - pai no caso específico, há uma alternância entre tolerância e revolta pelos defeitos que descobrimos que eles têm... Mas, como quase tudo na vida, também aprendemos a lidar com isso, e de alguma forma tentamos "neutralizar" os defeitos para que, pra nós, eles continuem parecendo perfeitos heróis...
Hoje meu pai apareceu aqui em casa, um pouco antes do horário de eu levar meu filho pro Colégio, e como faz de vez em quando, foi comigo levá-lo... Depois que o deixamos lá, me disse que gostaria que eu fosse com ele em "um lugar"... Sabe, meu pai não é lá um homem de muitas palavras, nunca foi de conversar muito, é caladão, esse sempre foi o jeito dele... Eu perguntei onde seria esse tal "lugar", e ele apenas disse "ah, um lugar, vamos comigo"...
Fiquei meio desconfiada, mas, afinal, ele é meu pai, então eu fui, na boa... Mas o fim dessa história é que cheguei ao tal "lugar", e passei por uma situação completamente constrangedora... Sei que ele não fez isso por maldade, mas ele tem um jeito de dar notícias pra nós que é completamente SEM NOÇÃO!!!
Acho que ele queria me apresentar a namorada nova... Mas pra ele talvez seja difícil dizer isso com todas as letras, ele conheçe o meu temperamento, sabe que eu acabo questionando, acabo dando minha opinião, então, como que pra fugir da conversa, simplesmente me levou até a mulher... nos apresentou, e ficamos lá, um olhando pra cara do outro... eu com uma cara de "samambaia murcha", sem saber direito como reagir, e ele lá, calado, achando que aquela situação tava me agradando... Até a mulher ficou meio constrangida, eu percebi, porque, de tão sem noção, meu pai sequer avisou pra ela que me levaria até lá...
Tentei não ser mal educada, mas os 5 minutos que passei ali pareceram, pra mim, uma eternidade... que situação!!! E isso tudo, às vésperas do Dia das Mães...
É muita falta de Noção!!!

2 comentários:

Arthur disse...

Bem "A Grande Família" esse episódio, né? Essa família é muito unida, e também muito ouriçada... rs
Bjs!
Ah, manda um abração pro tio Washington!

Ulisses disse...

Que situação hein cu??? Enfim... adorei teu blog... bjos e abraços pra td mundo.... saudades